Senha é um mecanismo de autenticação, que serve para confirmar a identidade de um usuário ao acessar sites, sistemas e dispositivos eletrônicos que solicitam um login. A senha deve ser pessoal e segura, assim há garantia que o usuário é realmente o responsável por aquela conta.

Quando outra pessoa toma conhecimento de sua senha, ela poderá realizar ações indevidas através de sua conta, como: acessar os e-mails, ler as mensagens e disparar spams para a lista de contatos e outros endereços; alterar a senha de outros serviços que utilizam o e-mail invadido para recuperação de senha; acessar computadores ou celulares e seus arquivos armazenados e aplicativos instalados; na hospedagem, alterar o conteúdo de sites e remover os arquivos do FTP; tornar público dados confidenciais; sequestro de dados – o invasor exige o pagamento de um valor para liberar o acesso; em redes sociais, enviar mensagens para amigos e seguidores com a intenção de aplicar golpes e criar posts com informações falsas, entre outros.

Para que uma seja seja segura, recomenda-se às seguintes medidas:

  • Utilizar uma única senha para cada conta.
  • Gerenciar as senhas por meio de softwares como o LastPass, Dashlane e 1Password.
  • Ativar autenticação de duas etapas quando disponível.
  • Preferir senhas grandes com números, letras maiúsculas e minúsculas e com caracteres especiais.
  • Não compartilhar as senhas.
  • Não deixar uma sessão em aberto, clicar em logout ou “sair” para finalizá-la.
  • Não marcar as opções “Lembre-se de mim” ou “Continuar conectado” em dispositivos de terceiros.
  • Alterar a senha em um intervalo de tempo determinado, quando desconfiar que está comprometida ou considerar necessário.
  • Verificar se o site que precisa fornecer o acesso possui “https”.
  • Cadastrar respostas falsas em perguntas de segurança para recuperação de senha.
  • Ter cautela ao divulgar informações pessoais na internet que possam ser usadas para adivinhar a senha ou em engenharia social.
  • Alterar senha padrão de dispositivos de rede.
  • Caso mantenha as senhas salvas, criptografar o arquivo.
  • Fazer varredura nas máquinas dos usuários com antivírus atualizado.
  • Educar os usuários sobre a importância e boas práticas de segurança da informação.

Segue uma lista das senhas mais usadas em 2018 divulgada pela SplashData.

1. 123456

2. password

3. 123456789

4. 12345678

5. 12345

6. 111111

7. 1234567

8. sunshine

9. qwerty

10. iloveyou

Importante: Evite senhas simples e siga as recomendações indicadas para que a integridade de um serviço, das informações e dos usuários sejam mantidos.

The following two tabs change content below.

Latest posts by Rennan Militão (see all)

Nenhum comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *