Foi-se o tempo em que a TI era vinculada apenas ao conserto de computadores e máquinas, instalação de sistemas e manutenção. Hoje, a tecnologia da informação tem tomado um papel de extrema relevância nas organizações e sendo responsável pelo sucesso e diferencial competitivo daquelas que investem neste quesito. Não à toa, diversos estudos buscam compreender o impacto da transformação, da tecnologia da informação virando tecnologia de negócios.

Muitas empresas ainda acreditam que o uso da tecnologia aliada aos negócios é algo exclusivo às empresas de grande porte. O que é um erro, já que organizações de todos os ramos de atuação, sejam elas de pequeno, médio ou grande porte, podem e devem utilizá-la em seu favor.

Aliás, é justamente nas pequenas e médias empresas que ocorrem os maiores ganhos ao investir na tecnologia como ferramenta de negócios. Por meio da otimização do negócio, ela permite produzir mais, com menor custo e menos tempo, alcançando o tão sonhado objetivo: a eficácia organizacional.

Uma das principais formas de transformação que vem ocorrendo é no grande volume de geração de dados. Entenda o que é esse fenômeno e como utilizá-lo de forma positiva a gestão do seu negócio.

Big Data

Segundo a Gartner, hoje são movimentados cerca de 2,2 milhões de terabytes em dados diariamente, a previsão é que para 2020 exista 40 trilhões de gigabytes. Esse montante gigantesco de dados é o que chamamos de Big Data.

Tais dados são gerados a todo momento, nas mais diversas operações da empresa, incluindo informações de clientes, fornecedores, transações bancárias, sistemas de gestão de estoque, troca de e-mails, fluxo de pagamentos, utilização de equipamentos, análises de produção e mercado, e muitos outros.

No entanto, há dois pontos cruciais que devem ser observados:

  1. Como esses dados estão sendo utilizados de modo a obter resultado?
  2. Quais cuidados estão sendo tomados para que estes sejam armazenados de forma segura?

Um ponto importante que não deve ser desconsiderado é que dados não são informação. Deste modo, não adianta utilizar a tecnologia para captar todo o volume de dados possível, se não houver uma atuação focada em convertê-los em informações relevantes que auxiliem a tomada de decisão, deixando o velho paradigma das estratégias baseadas em tentativa e erro.

Empresas que conseguem fazer este tipo de planejamento e decisão estratégica ganham em diferencial de mercado e competitividade frente a concorrência, favorecendo um ambiente de alta performance.

Armazenamento em Nuvem

Com tantos dados e informações, não zelar pelo armazenamento e segurança dos mesmos é uma grande falha. Pensando nisso, a solução de armazenamento em nuvem tem conquistado empresas de diversos segmentos.

Além da segurança adquirida, a fim de que eventuais sinistralidades como incêndios, panes nas máquinas, perda de arquivos, entre outros, não atinjam os dados dispostos em nuvem, este tipo de tecnologia tem se tornado cada vez mais barata e acessível.

Sem a necessidade de se preocupar com o tamanho ou capacidade de armazenamento, como nos sistemas tradicionais, os sistemas, dados, documentos e arquivos podem ser acessados de qualquer lugar, por meio de um dispositivo com acesso à internet.

Para empresas que têm setores ou departamentos fragmentados, a vantagem também é enorme. Integrar todas as informações da empresa em um único local, acessível por todos os interessados, permite um ganho em produtividade e integração, além de facilitar a aplicação de métricas.

Case de Sucesso

Estratégia adotada: Implementação de cloud computing

Ramo de atuação: Corretagem de seguros (empresa de pequeno porte)

Estudo de caso: Um escritório especializado na corretagem de seguros, com foco maior em automóveis e residências, localizada na zona leste de São Paulo, decidiu pela implementação do cloud computing na organização.

A corretora atua há mais de 20 anos no local e nunca havia investido em soluções de TI para a melhoria dos processos organizacionais. Todo o processo de controle de documentos era feito por meio de planilhas em Excel, salvas em um único computador e compartilhadas em rede com os demais.

O inesperado aconteceu quando a máquina onde todas as planilhas, dados de clientes, sistemas de cálculo, e-mails, entre outras informações indispensáveis estavam armazenadas, queimou, sem possibilidade de recuperação, ocasionando grande prejuízo e retrabalho. Também não havia nenhum tipo de backup.

Somente então foi vista a necessidade de investir em um sistema de backup em nuvem, de modo a proteger informações que eram a base de toda a operação da empresa. Outro benefício agregado foi a facilidade de poder acessar arquivos de qualquer lugar, sem a necessidade de estar presente fisicamente no escritório para tal.

Além de ter melhorado as operações da empresa, a adoção deste sistema proporcionou maior segurança e tranquilidade ao saber que os documentos e arquivos estão protegidos de eventuais sinistralidades, facilita a tomada de decisões rápidas e a troca de informações de qualquer lugar, maior segurança por meio do arquivamento de e-mails relevantes, entre vários outros benefícios.

Hoje, a empresa já não se vê mais sem o uso desta ferramenta de tecnologia da informação aliada aos negócios. Apesar do antigo receio e desconfiança em adotar tal estratégia, percebe-se que é necessário ser parte ativa das mudanças para permanecer no mercado e expandir os negócios de maneira sustentável.

Conclusão

Atualmente, a Tecnologia da Informação deixou de ser uma área de apoio, para ser uma área de decisão. Com isso faz-se necessário que as empresas de pequeno e médio porte não somente abram as portas para a tecnologia, como passem a utilizá-la como ferramenta fundamental a tomada de decisão estratégica.

Seja por meio de uma ferramenta de armazenamento em nuvem, sistema de gerenciamento integrado, ferramenta de e-mail, ou afins, a tecnologia está em constante aprimoramento e veio para ser parceira de empresas que desejam não somente a sobrevivência, mas o crescimento e melhoria contínua de seus negócios.

The following two tabs change content below.

1 Comentário

  • Hélio Responder

    12 de março de 2019 at 13:05.

    Que artigo ótimo, realmente a TI está tomando novos rumos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *