Acessar a internet de forma segura e manter a privacidade das informações é importante para evitar que dados sobre os usuários sejam usados para propagandas, engenharia social, furto de identidade quando uma pessoa cria um perfil se passando por outra e invasão de perfil, no qual um terceiro consegue o acesso de uma conta e explora a lista de contatos para aplicar golpes, na maioria do casos são enviadas mensagens solicitando depósitos de dinheiro.

Quais dados precisamos proteger?

Metadados: Informações descritivas sobre os dispositivos, as comunicações realizadas e a localização do mesmos.

Senhas: Se uma senha vazar ou ser descoberta por força bruta ou Engenharia social, terceiros terão acesso as contas, como redes sociais e bancárias.

Financeiro: Dados de contas bancárias e possíveis perdas financeiras se a pessoa for induzida a realizar depósitos na conta de um hacker, por exemplo.

Registros médicos: Há suspeitas que as farmácias estejam compartilhando históricos de compras e o cpf de clientes com empresas de plano de saúde e análise de crédito. Não há transparência de como esses dados são tratados pelas farmácias e drogarias.

Comunicação: Mensagens de texto e voz, imagens e vídeos trocados via aplicativos e e-mails.

Dicas gerais:

  • Mantenha sistema operacional, programas e antivírus atualizados.
  • Não instalar softwares suspeitos ou pirateados.
  • Não conectar em redes Wifi públicas para realizar operações com dados sensíveis, por exemplo, número do cartão de crédito.
  • Ativar a navegação segura por meio do certificado SSL (HTTPS).
  • Limpar o cache do navegador com regularidade.
  • Revisar as permissões concedidas aos aplicativos instalados no smartphone.
  • Implementar ferramentas de VPN.

Dicas para redes sociais:

  • Não adicionar pessoas desconhecidas.
  • Limitar o alcance das publicações para as pessoas adicionadas apenas. Analisando as publicações é possı́vel descobrir hábitos, classe social, lugares frequentados e preferências políticas.
  • Desvincular aplicativos que usam o login da rede social para conectar, eles possuem permissões de acesso aos dados do usuário e compartilham com outras empresas para fins de marketing.
  • Ativar notificações de login e verificar os dispositivos conectados na conta. Se notar alguma atividade suspeita desconecte o dispositivo e altere a senha.
  • Ativar autenticação em duas etapas, assim além da senha será necessário inserir um código que será enviado via sms ou para a conta de e-mail cadastrada.

Sugestões de ferramentas:

Fazer buscas no DuckDuckGo, este serviço não armazena localização, histórico de navegação, buscas por texto e por voz como o seu concorrente Google.

Instalar o plugin DuckDuckGo Privacy Essentials para bloquear rastreadores de sites como Google e Facebook que continuam ativos mesmo na guia anônima.

The following two tabs change content below.

Nenhum comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *