Termos como IoT (internet das coisas), drone, criptomoedas (Bitcoin), Big Date, Blockchain, entre tantos outros, já são bem rotineiros no universo dos profissionais de TI e aficionados por tecnologia. Mas, você já ouviu falar sobre o conceito de Sociedade 5.0?

Até pouco tempo atrás, o termo “Indústria 4.0” mostrava ao mundo um conceito que envolvia segurança de informações e o controle e automação das mesmas.

Tudo o que se relacionava à inovação tecnológica da sociedade, estava inserido neste conceito, fazendo um certo “alarde” naquela ocasião.

No entanto, hoje talvez você ainda não tenha se dado conta, mas estamos caminhando para uma nova revolução bem mais silenciosa e ao que tudo indica, ainda mais impactante.

É o que propõe a Sociedade 5.0, que sem provocar maiores ruídos, tem aprimorado tudo aquilo que foi defendido, apresentado e adotado na Indústria 4.0.

Na verdade, esta nova era dá indícios claros de que, muito além da eficiência maior dos processos e da busca pela produtividade, é necessário lançar mão da inovação tecnológica e sistemas inteligentes para promover melhorias na qualidade de vida das pessoas.

Este contexto implica numa vasta gama de oportunidades, especialmente ao setor de TI, mas em contrapartida, promove também uma série de desafios para empresas e profissionais deste segmento e dos demais.

O que será que esta evolução da Indústria 4.0. tem a nos oferecer? Afinal, o que esperar e como aproveitar-se desta nova era para se destacar no cenário corporativo?

Que tal buscarmos juntos as respostas de tais indagações, a seguir? Te convido a me acompanhar em mais um post especial aqui no blog da MAV.

Sociedade 5.0.: conceito

No contexto da Indústria 4.0, o foco é direcionado para o âmbito industrial. Em 2012, na Feira de Hannover, um projeto do Governo Alemão que tinha como intuito a informatização da manufatura foi o que desencadeou a popularização e concepção do termo Indústria 4.0.

Esta, que foi considerada a quarta revolução industrial, serve exatamente de base para a Sociedade 5.0, que visa transpor todos os ganhos adquiridos até aqui (a possibilidade de sistemas produtivos capazes de gerar redução de custos, energia, maior eficiência dos processos, inteligência artificial, etc.,), para uma esfera social mais plena, digamos assim.

Em suma, o conceito que tem como linha de frente, países como o Japão, busca lançar mão da tecnologia como uma ferramenta capaz de solucionar os grandes dilemas da humanidade, indo além da questão industrial, mas sem abandoná-la.

Partindo do princípio de que futuramente tudo estará conectado e que a sociedade em geral precisará se adaptar a tal realidade, o país que é a terceira maior economia do mundo (Japão), busca se antecipar ao resto do mundo, rumo a Sociedade 5.0.

De acordo com matéria do portal de notícias português “¹Human Resources”, cerca de 27% da população japonesa tem mais de 65 anos. Tal indicativo reflete uma preocupação local: o envelhecimento da população.

E é exatamente este tipo de questão que pode ser impactada positivamente pelo advento da Sociedade 5.0, tendo como aliada a tecnologia.

Ainda segundo a matéria da Human Resources, para a consultora independente do Fórum Económico Mundial, Yoko Ishikura, a Sociedade 5.0 “pretende posicionar o ser humano no centro da inovação e transformação tecnológica”. Yoko defende que a próxima sociedade tem como valores, 3 fatores-chave:

  1. Sustentabilidade;
  2. Abertura;
  3. Inclusão.

Muitas outras realidades e situações podem ser transformadas de forma positiva, de acordo com o conceito da nova era que está a surgir.

É o caso, por exemplo, da escassez de recursos hídricos e de energia elétrica, de problemas como desastres naturais, da desigualdade social, entre demais fatores.

Em voga no Japão desde 2016, o termo Sociedade 5.0 foi deflagrado mundialmente pelo primeiro ministro japonês Shinzo Abe na CeBIT 2017 (considerada a maior feira e exposição de telecomunicações digitais e TI do mundo).

Em seu discurso, Shinzo de forma empolgante definiu o conceito em poucas palavras:

“Estamos vivendo o início do quinto capítulo. Hoje em dia, conseguimos encontrar soluções que eram inimagináveis até pouco tempo atrás. Esta é uma era onde tudo está conectado e todas as tecnologias estão se convergindo. É o início da Sociedade 5.0”.

O vídeo abaixo ilustra um pouco sobre como o Japão entrou de cabeça na divulgação deste novo modelo de sociedade:

Quais os principais desafios e oportunidades que a Sociedade 5.0 nos trará?

O setor de Tecnologia da Informação será ainda mais relevante diante deste cenário e quem atua no segmento deve se preparar desde já para o este futuro iminente.

Indo contrário ao senso comum, que muitas vezes nos apresentou a tecnologia como “vilã” sobretudo no que se refere ao mercado de trabalho, onde as máquinas “substituiriam os humanos”, agora a ideia será adotar os sistemas inteligentes para auxiliar os humanos na execução de suas tarefas e também para solucionar seus maiores problemas.

E é exatamente aqui que teremos os maiores desafios e também as grandes oportunidades de negócios em TI.

O grande “pulo do gato” neste contexto é compreender que o desafio é ter em mente que, por mais que a tecnologia seja cada vez mais presente, mais refinada e elaborada, a máquina (ao menos por enquanto), ainda não é capaz de demonstrar sensibilidade e empatia.

Sendo assim, é fundamental apostar nesta interação homem e máquina, onde a criatividade humana deverá ser aplicada concomitantemente com a tecnologia.

No campo do ensino/aprendizagem corporativo, por exemplo, o sistema on-the-job learning é uma ótima oportunidade para quem atua com TI. 

Desenvolver ferramentas cada vez mais específicas, personalizadas, individualizando a aprendizagem, certamente será um artifício que “irá bombar” na Sociedade 5.0.

Afinal, tudo isso promoverá às pessoas, o ganho de tempo, algo cada vez mais escasso e essencial para a melhor qualidade de vida das pessoas.

Diferentes formas e modelos de trabalho devem surgir neste novo patamar da sociedade. Cooperação entre empresas de países diferentes certamente serão estimuladas, e com isso, novas possibilidades de negócios surgirão.

Alguns setores pra ficar de olho no mercado de TI para a era da Sociedade 5.0:

  • Inteligência artificial

Em uma sociedade inteligente como a 5.0, a demanda por tecnologias cognitivas de inteligência artificial surgem como o carro-chefe. Apostar em sistemas neste sentido, capazes de minimizar o tempo na execução de tarefas, automatizando os sistemas é um nicho a ser explorado pelos profissionais de TI.

  • Mobilidade

Cada vez mais iremos notar durante este quinto passo da evolução humana, a presença de veículos autônomos, ou seja, com o uso de sistemas avançados de assistência ao motorista (ADAS).

  • Segmento Fintech

Segundo o site “²O Futuro das Coisas”:

Blockchain é uma solução que promove segurança, transparência e prevenção de fraudes na sociedade. A IA cognitiva está produzindo resultados para os objetivos da Society 5.0; seja uma sociedade sem dinheiro ou focada no consumidor. Os assistentes de IA por comando de voz oferecem suporte e praticidade ao consumidor. Essa integração omni-channel colabora para que os serviços bancários evoluam em torno das necessidades dos clientes. Com essa evolução, veremos cada menos bancos físicos.

Como vimos, é inegável o fato de que a sociedade caminha cada vez mais para um mundo “Hightech”.

Apostar em soluções criativas e altamente tecnológicas para tornar a rotina das pessoas mais fácil e suas vidas mais felizes é o viés que melhor traduz o que está por vir neste futuro que os japoneses já estão implementando.

Criar ferramentas capazes de aumentar o poder do indivíduo no que se refere a viver de uma forma mais segura, confortável e saudável, de acordo com o estilo de vida desejado é algo que deve ser levado em conta pelas empresas e profissionais de TI.

Como esta nova era intensificará a relação entre humanos e robôs, sem querer soar sensacionalista, não se assuste se por ventura, aquelas cenas tão comuns em filmes clássicos de ficção científica, começarem a se tornarem cada dia mais usuais.

Afinal, a frase “o futuro já começou” nunca foi tão atual!

Você já conhecia o conceito de Sociedade 5.0? Está preparado (a) para este novo cenário? Conte pra nós suas impressões!

Luís Roberto Perossi | Redator e professor, com formação em Letras, sou viciado em café, punk rock e literatura. Apaixonado por Marketing de Conteúdo e entusiasta de Tecnologia.

The following two tabs change content below.

Nenhum comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *